Nota de imprensa: Consenso PANLAR sobre Biossimilares

Encontro de delegados durante o II curso de Revisão em Reumatologia PANLAR

delegados-revision-reumatologia-panlar-2017

Com muito entusiasmo foi realizada a reunião do consenso sobre Biossimilares no âmbito do II Curso de Revisão em Reumatologia PANLAR.

No dia 8 de setembro de 2017, em Lima, Peru, foi realizada a reunião do painel de especialistas, indicados por suas associações e eleitos conforme critérios prédefinidos, do Consenso sobre o uso de Biossimilares em Reumatologia- PANLAR. Representantes de 19 países participaram ativamente das discussões programadas e identificaram os temas mais relevantes para a região, de acordó com as necessidades percebidas em cada país. Foram revisados os resultados da primeira rodada de respostas aos questionários que incluíram 22 perguntas organizadas em assuntos de importância para a construção da posição da PANLAR no tema de Biossimilares.

Através da metodologia Delphi modificada realizou-se a análise das informações relativas aos Biossimilares em Reumatologia dividida nos seguintes aspectos:

  • Eficácia e segurança
  • Intercambialidade e substituição
  • Farmacovigilância
  • Considerações regulatórias
  • Considerações farmacoeconômicas

Os palestrantes revisaram a literatura científica relacionada ao tema, por meio de busca exaustiva nas bases de dados de publicações médicas. Mais de 200 referências foram selecionadas para se obter a melhor informação disponível sobre os temas definidos.

Considerando as diferenças regulatórias existentes e a experiência dos países que possuem maior uso de terapias biológicas, cada delegado apresentou a problemática do seu país em relação aos biossimilares. Dessa forma, houve melhor detalhamento dos temas a ser explorados pelo painel e definida a profundidade necessária para a formulação das recomendações. O Consenso sobre Biossimilares em Reumatologia- PANLAR será uma ferramenta para garantir segurança e eficácia no uso dos biossimilares.

Sob o lema “PANLAR somos todos” e sua filosofia de transparência, excelência e educação, foi possível a participação de todos os delegados para identificar as necessidades e requisitos para obter consenso sobre os aspectos mais relevantes neste assunto tão importante e vigente para todos os sistemas de saúde.

A partir dessa reunião, os temas identificados continuarão sendo explorados seguindo a mesma metodologia, visando obter nas próximas semanas as recomendações adequadas para o uso dos biossimilares num ambiente de segurança para os pacientes e de tranquilidade para os clínicos em todos os países das Américas.